Dicas

Que impacto tem o sarcasmo na criatividade?

Sabia que o nosso cérebro se torna mais activo quando procura perceber o intuito de uma mensagem sarcástica?

Sabia que o nosso cérebro se torna mais activo quando procura perceber o intuito de uma mensagem sarcástica? É uma das conclusões de um estudo elaborado por Li Huang, professora da INSEAD, Instituto Europeu de Administração de Empresas, partilhado pela própria na mais recente edição da QSP Summit.

A especialista diz que o sarcasmo (expressões que comunicam com humor o oposto do seu significado) implica pensar de forma abstracta. E a abstracção é precursora da criatividade. Muitas vezes o sarcasmo pode provocar conflitos, mas também pode ser utilizado para passar uma mensagem positiva, sem embaraçar os interlocutores. Pode permitir por exemplo que os indivíduos se ajustem à perspectiva dos outros, acomodar potenciais diferenças, e reflectir sobre os interesses, atitudes e sentimentos.

E por isso Li Huang sugere que quem trabalha com marcas e criatividade considere utilizar selectivamente o sarcasmo por exemplo para comunicar inovação e tornar as pessoas receptivas à mensagem. Aqui ficam dois exemplos do uso de sarcasmo em publicidade.  



Créditos fotográficos: QSP Summit

Tags: Marketing, Criatividade

28-03-2017