Radar

Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões: Um espaço único para eventos

Da inspiração do Arquitecto Luís Pedro Silva nasceu um edifício para a história.

O icónico e imponente Terminal de Cruzeiros de Leixões faz uma caminhada firme no sector dos eventos, apostando na qualidade e flexibilidade.

Desde que foi inaugurado em 2015, o edifício do Terminal de Cruzeiros não cessa de surpreender quem por lá passa. Situado a 700 metros da praia, mais do que um terminal, ele é uma obra de arte arquitectónica. E também por sê‑lo, este é um local que desde logo começou a atrair a atenção dos organizadores de eventos. O primeiro evento aconteceu em Dezembro de 2015. Em 2018, o espaço recebeu 116 eventos, não sendo esta área o core business deste Terminal, detido pela APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, SA. O foco e a prioridade do Terminal é o acolhimento de navios de cruzeiro, e é a esta actividade que está subordinado tudo o resto, nomeadamente a disponibilidade. Sendo os eventos uma actividade secundária, ainda assim ela é encarada com todo o profissionalismo e seriedade.

event point, revista, eventos, turismo de negócios, portugal

Sem exclusividade

A política do Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões em termos de fornecedores é relativamente flexível. Não há exclusividade nem no catering, nem nos audiovisuais, havendo sim um conjunto de cinco ou seis fornecedores preferenciais, no sentido de garantir a qualidade que o edifício exige. A equipa da APDL faz o acompanhamento total do evento, com um gestor de eventos e um gestor técnico. A segurança e a limpeza são da responsabilidade do espaço. Em termos de eventos são as conferências, os jantares de gala e os lançamentos de produto a dominarem os pedidos. Mas há outras tipologias, dentro do universo corporate, de clientes nacionais, mas também muitos internacionais. Além disso, a APDL tem alguns eventos próprios, nomeadamente o “Dia do Porto”, onde o edifício é aberto à cidade e em que são organizadas uma série de actividades para as famílias. A edição de 2018 contou com 27 mil pessoas.

event point, revista, eventos, turismo de negócios, portugal

Os espaços

O edifício multifuncional, além de toda a operação atinente aos cruzeiros, acolhe no piso 2 o CIIMAR – Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental, UP. O espaço permite construir diversos layouts e por não ter cores fortes – o branco predomina – a imaginação das agências não tem limites.

O Piso 0, onde se encontra a recepção principal, é uma possibilidade para o acolhimento dos convidados e para um cocktail de boas vindas, com capacidade para 300 pessoas. É a partir daqui, que uma imponente rampa “em caracol” conduz até à cobertura. No Piso 1 fica a Sala de Embarque que, como o nome indica, tem como função a logística de entrada e saída dos passageiros dos cruzeiros. Com 1050 m2, o espaço recebe eventos como seminários, congressos ou apresentações, até 400 pessoas em auditório. O Piso 3 é o espaço por excelência para o acolhimento de eventos. Polivalente e flexível acolhe os mais variados tipos de eventos, com o bónus de ter uma vista privilegiada para o mar e a costa. Neste piso há ainda um pequeno auditório (70 pessoas) e um mezanino. Em termos de capacidades, o espaço acolhe 300 pessoas em teatro, 350 em banquete e 400 no formato cocktail.

O Terraço é um dos mais extraordinários espaços deste edifício, com uma visão deslumbrante sobre as frentes marítimas de Leça da Palmeira, Matosinhos e Porto, e um anfiteatro exterior para eventos ao ar livre, com capacidade para 400 pessoas em cocktail. O edifício conta com estacionamento.

event point, revista, eventos, turismo de negócios, portugal

Edifício multi‑premiado

São já cinco os prémios recolhidos pelo Terminal de Cruzeiros. Foi considerado um dos três melhores terminais de cruzeiros mundiais, pela Seatrade Cruise; ganhou em 2015 o Melhor Edifício Público pela AZ Awards; o prémio SIL2015 e o Prémio Construir 2016, na categoria de Melhor Projecto de Engenharia; e em 2017, nos Building of the Years Awards, prémio promovido pela ArchDaily, arrecadou o prémio na categoria de Melhor Edifício Público.

Alguns números

350m de comprimento do cais para navios de cruzeiro
15.000 m2 de área útil no edifício principal
Parqueamento para 25 autocarros de excursão, 15 autocarros de ligação ao centro da cidade
Porto de recreio náutico para 170 embarcações
300m2 de espaço no Piso 0
1050 m2 de espaço na Sala de Embarque
648 m2 de espaço para eventos no Piso 3
970 m2 no Terraço

Tags: Terminal de Cruzeiros, Venue, Matosinhos

19-03-2019