Notícias

Confederação do Turismo preocupada com IVA no MICE

O presidente da organização patronal referiu, durante a sessão de encerramento do congresso da APAVT, em Macau que esta questão traz "falta de competitividade".

O presidente da Confederação do Turismo Português (CTP), Francisco Calheiros, disse este sábado, 25 de Novembro, que a entidade patronal que lidera está preocupada com a questão fiscal na área dos congressos, eventos, incentivos e reuniões. "O IVA do MICE é uma luta que não podemos perder", salientou. Os patrões do turismo, aliás, levaram a questão ao ministro das Finanças. "Ainda na concertação social dissemos ao Mário Centeno que era um erro de não haver a dedutibilidade de IVA no MICE e alertámos para a falta de competitividade que isto nos traz", explicou.

Francisco Calheiros falou em Macau, no encerramento do congresso da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT), dois dias depois de a secretária de Estado que tutela o sector, Ana Mendes Godinho, ter referido que estava a ser analisada a "fórmula de cálculo" deste imposto aplicado aos eventos.

A governante salientou que o Executivo está a "dialogar com as Finanças sobre a melhor forma de aplicação concreta do IVA aos congressos porque neste momento é muito variável em vários países europeus. A secretária de Estado não concorda que esta questão torne Portugal menos competitivo, "basta ver a dinâmica que se sente em todo o país". A governante esclareceu ainda que esta questão não está relacionado com o valor mas "com a forma como se interpretam as fórmulas de cálculo".

A Event Point viajou a convite da APAVT  

Tags: APAVT, Macau

27-11-2017