Notícias

10 anos SPIC: nova identidade e novo posicionamento

Passou uma década desde que a SPIC surgiu no mercado como um estúdio de design com algo inovador.

"Tínhamos serviços de impressão e de web, procurando, já nessa altura, marcar a diferença com soluções inovadoras e uma forte componente interactiva”, recorda Paulo Bica, o responsável desta empresa algarvia, com sede em Loulé.“Sempre quisemos superar as expectativas dos clientes, e rapidamente tomámos consciência do potencial da componente digital para o fazer. Isso levou-nos a concentrar grande parte da atenção nos novos media”.
 
Em 2010 decidiram apostar fortemente nesta área, de new media, absorvendo novas competências e apresentando novas soluções. “Apesar de estarmos longe dos grandes centros de decisão, pareceu-nos um desafio interessante, que ao mesmo tempo preenchia uma lacuna no mercado”, explica Paulo Bica.
 
A equipa foi crescendo, assim como as competências internas, e os clientes foram aumentando. Actualmente, a SPIC dispõe de uma vasta oferta de produtos e serviços criativos, aliados às novas tendências e tecnologias. O que significa que o reposicionamento da empresa surge quase de uma forma natural, ao reunir diversas competências técnicas - com especial destaque para as aplicações digitais e tecnologias de interacção humana -, que lhe permitem abraçar todo o tipo de projectos relacionados com activações, experiências de marcas e eventos.
 
O sucesso e evolução ao longo destes 10 anos, garante Paulo Bica, devem-se, acima de tudo, “a uma excelente equipa de profissionais, com formação académica adequada às funções que exercem, extremamente empenhada e com elevada capacidade criativa, uma equipa a que todos temos orgulho de pertencer”.
 
Preparando a próxima década, a SPIC continua a apostar bastante na pesquisa e desenvolvimento, e já tem “algumas surpresas preparadas para este ano a que vale a pena estar atento”, conclui Paulo Bica.

Tags: Tecnologia

23-01-2018