Notícias

Cine Futebol Clube muda-se para o Hard Club e abraça a febre do Mundial

Em pleno Mundial de Futebol, uma abordagem alternativa ao desporto-rei.

Projectar a cultura do futebol além da discussão do dia-a-dia e através do cinema. Este é o objectivo do Cine Futebol Clube – Festival de Cinema e Futebol, que cumpre a 29 e 30 de Junho a terceira edição, com a curiosidade de coincidir com o Campeonato do Mundo de Futebol. Mas a grande novidade da terceira edição do evento é a mudança de espaço. O Hard Club, no Porto, é a nova casa do Cine FC, que já passou pelas Galerias Lumière e pelo Palácio das Artes. Rui Frias, da organização, explica que a mudança corresponde à vontade de dar “uma dimensão maior ao evento”. No entender do responsável a programação é também “mais homogénea e o cartaz mais forte”, até porque alguns dos filmes que serão exibidos foram premiados internacionalmente. Rui Frias lembra ainda que vão estar presentes diversos convidados ligados ao mundo do futebol nas tertúlias diárias.

Nos dois dias do evento será possível viajar pelos conflitos do Líbano ou Iraque, passar pela Polónia socialista em plena crise dos anos 80, viver o drama dos refugiados em Itália, e cruzar a fronteira fechada da Coreia do Norte. Tudo com um denominador comum: o futebol. A encerrar o festival, será exibido o documentário português “Dia de Jogo”, realizado por Guilherme Cabral e Nuno Duarte (conhecido também como Jel), que estarão presentes nas habituais tertúlias Cine FC. A programação pode ser consultada aqui: https://www.facebook.com/cinefutebolclube/.

O Cine FC não escapa da febre do Mundial, e porque a Selecção Nacional joga no segundo dia do evento, a organização acomodou o jogo à programação, e a partir das 19h, será possível acompanhar o jogo.

Este evento é organizado por cinco jornalistas, ligados ao desporto e ao cinema, e pela agência de comunicação Busílis.

Tags: Futebol, Cinema, Evento, Hard Club

27-06-2018