Entrevistas

“Escape Room” da Google foi sensação na Índia

O conceito de “Escape Room”, em que um grupo de pessoas é fechado numa sala e tem que encontrar a saída através da resolução de uma série de puzzles, é cada vez mais popular.

A agência indiana Laqshya e a Google aproveitaram este conceito para dar uma formação intensiva aos promotores do sistema Google Home no mercado indiano.

A ideia, que venceu o galardão de Evento Educacional nos BEA World de 2018, que tiveram lugar em Coimbra, passou por transformar um quarto de hotel numa casa Google, controlada por dispositivos da multinacional e onde foram “encerrados” 25 promotores de cada vez. O objectivo do jogo era saírem do quarto apenas com recurso à tecnologia da Google.

Em entrevista à Event Point, Navneeth Mohan, director e CEO da Laqshya Live Experiences (depois de ter subido várias vezes ao palco para receber prémios por diversos eventos) contou que “é a primeira vez que estamos a participar num concurso e prémios de eventos internacional”, sendo que o grupo já está habituado a receber prémios na Índia.

“Quisemos explorar algumas oportunidades internacionais, e estes são os primeiros prémios a que nos candidatamos. Estou surpreendido, e chocado” com a performance nos Bea World, adiantou Navneeth Mohan.

event point revista eventos turismo de negócios

O CEO da agência acredita no potencial do mercado na Índia. “Temos imensas agências de eventos. É um país enorme e tenho a certeza de que para o ano vai haver muitos mais candidatos indianos aos prémios. Há muita coisa criativa a acontecer”, garantiu.

Para Navneeth Mohan, ser nomeado já é muito gratificante. “Fizemos quatro candidaturas, com projectos diferentes, todos foram nomeados, e todos ganharam. Isso mostra mesmo a diversidade em termos do trabalho que fazemos. Há agências que são boas a fazer eventos desportivos, outras a fazer conferências, nós não dizemos isso, dizemos que somos bons em variados tipos de eventos. Fazemos activações, feiras, etc.”, salientou o responsável.

O CEO da Laqshya acredita que “os eventos e as experiências são elementos muito importantes na Índia. Há tanta gente, e temos de nos aproximar das pessoas, e falar com elas”, salientou.

Navneeth Mohan referiu ainda que “o evento não tem de ser grande, tem de ter uma ideia poderosa, e que possa ser consubstanciada. É tudo o que é necessário. Nenhuma das nossas entradas é uma grande produção, embora elas existam, mas sabíamos que a nossa ideia era forte”, concluiu.

Entre os eventos premiados está uma iniciativa de valorização de resíduos gerados pelos eventos, um evento para dar acesso aos habitantes de Mumbai a espaços livres e uma aula massiva de ioga nas ruas da mesma cidade.

A agência está integrada no grupo Laqshya Media, criado em 1997 para actuar na publicidade outdoor. Entretanto, a empresa diversificou‑se e lançou novas áreas de negócios sendo que, actualmente, conta com 250 profissionais e escritórios em 25 localizações na Índia, Médio Oriente e Sri Lanka. A área dos eventos é cada vez mais importante na estrutura do grupo, tendo a Laqshya Live Experiences sido lançada em 2014. Conta com presença em Mumbai, Bangalore e Nova Deli.

Índia “limpa” os prémios BEA World

A Laqshya Media foi a agência mais premiada na edição de 2018 dos BEA World. Além do Grande Prémio BEA World, a Laqshya foi eleita a melhor agência. Conheça aqui os prémios recebidos:

Grande Prémio

1º lugar: Google Home Training

3º lugar: Equal Streets

Melhor Evento Educacional

1º lugar: Google Home Training

Melhor Evento Sem Fins Lucrativos

1º lugar: Equal Streets

Melhor Evento Público

2º lugar: Yoga by the Bay

Melhor Inovação em Sustentabilidade

1º lugar: Zero Waste Management

Melhor Cliente

2º lugar: Times of India

Melhor Agência de Eventos

1º lugar: Laqshya Media


 

Alexandra Noronha

Tags: Laqshya Media, Índia, BEA World

18-02-2019