ARQUIVO

Formatos de eventos I – Pecha Kucha

O termo é japonês, Pecha Kucha, e designa “o som da conversa”. Trata-se de um evento com vários oradores, que fazem as suas comunicações num formato de apresentação que envolve vinte imagens de vinte segundos cada, de modo a perfazer um total de seis minutos e quarenta segundos. Uma sessão de Pecha Kucha tradicional tem oito a 14 apresentações. O formato surgiu em 2003, pela mão de Astrid Klein e Mark Dytham, com o intuito de criar um fórum onde jovens designers pudessem encontrar-se e mostrar o seu trabalho. As comunicações longas e chatas queriam ser evitadas pelos dois precursores. Entretanto o formato foi evoluindo, globalizou-se, e hoje em dia, em várias cidades do mundo, os organizadores das sessões de Pecha Kucha fazem algumas adaptações à ideia inicial. O evento está muito ligado às áreas criativas e é normalmente realizado em espaços alternativos.

Em Portugal há sessões de Pecha Kucha em Lisboa, no Porto, em Coimbra e em Guimarães.