Destinos

Dia livre em Amesterdão?

Tem um tempo livre na agenda de trabalho ou uma escala longa em Amesterdão? Saiba o que fazer!

Se tem alguns momentos livres na agenda de trabalho ou uma escala de nove horas – como foi o caso da Event Point a caminho do Cambodia Travel Mart 2019, em Phnom Penh – e quer aproveitar para passear um pouco de Amesterdão, aqui ficam algumas dicas sobre o que fazer.

Amesterdão é uma cidade acolhedora, artística, moderna e cheia de curiosidades e de história, que vale a pena conhecer. É a cidade da Casa de Anne Frank, do Museu Van Gogh, da Heineken Experience, dos canais, das bicicletas aos molhos, das tulipas e dos mercados de rua. Em apenas algumas horas é difícil conhecer toda a oferta da cidade, mas é possível deixar-se conquistar por ela.

 

eventpoint revista magazine destinos destinations amesterdao amsterdam dialivre

“I Amsterdam”

É um dos símbolos da cidade, mesmo que agora esteja fora do local a que durante tanto tempo habituou os turistas. As célebres letras “I Amsterdam”, a que ninguém resiste tirar fotografias, encontram-se agora à entrada do Aeroporto de Schipol. Depois dos obrigatórios retratos, é tempo de apanhar o comboio, o autocarro ou o táxi para o centro da cidade.

 

eventpoint revista magazine destinos destinations amesterdao amsterdam dialivre

Passear pelos canais

O centro da cidade está repleto de canais, com barcos atracados nas margens, diversas pontes floridas e inúmeras bicicletas. Passear pelas ruas da cidade, a pé ou de bicicleta, é a melhor forma de lhe sentir o pulso. Atravessar pontes, provar as delícias das confeitarias, entrar em igrejas, perder-se pelos canais… Pelo caminho, pode passar pelo Red Light District, área conhecida pelas suas “montras vivas”, e percorrer o bairro famoso pelo cariz sexual. Pode também optar por fazer um passeio de barco e conhecer alguns dos pontos turísticos da cidade.

 

eventpoint revista magazine destinos destinations amesterdao amsterdam dialivre

Praças, jardins e Rembrandt

No passeio pela cidade vai encontrar várias praças e jardins, onde é possível descansar as pernas e apreciar os jardins e o casario circundante. Mesmo no centro vai encontrar a Praça Rembrandt, onde se exibem múltiplas estátuas em homenagem ao pintor holandês.

 

eventpoint revista magazine destinos destinations amesterdao amsterdam dialivre

Comprar nos mercados

Em Amesterdão existem vários mercados que valem a pena visitar. Entre eles, estão o Bloemenmarkt, o mercado flutuante de flores, e o Albert Cuyp Markt, onde pode encontrar de tudo um pouco. Souvenirs, roupa e calçado, malas, flores, peixe, fruta, artesanato… Difícil é tirar os olhos de toda a oferta.

 

eventpoint revista magazine destinos destinations amesterdao amsterdam dialivre

Visitar os museus

Amesterdão é também cidade de museus e de arte, pelo que vale a pena procurar um que vá de encontro às suas preferências. Chegando ao Museumplein, e aos seus verdejantes jardins, encontram-se vários: o Rijksmuseum, que tem o maior acervo de arte holandesa; o Museu Van Gogh, dedicado à obra de um dos mais famosos pintores do mundo; e o Stedelijk Museum, museu de arte moderna. Nessa praça, encontra-se ainda a sala de espetáculos Concertgebouw.

Entretanto, as horas passam e é tempo de regressar ao trabalho ou ao aeroporto. Sendo ou não uma primeira visita à cidade, vai ficar sempre a vontade de regressar a Amesterdão.

 

Maria João Leite*

*Viajou para o Camboja a convite do CTM 2019

Tags: Destinos, Turismo, Amesterdão

30-10-2019