Opinião

Quando há um evento, há um objectivo de comunicação.

Nos últimos tempos temos ouvido falar muito em quebras de protocolo. Aparentemente, os jornalistas portugueses passaram a ser especialistas nesta matéria e não passa uma semana sem que alguém descubra que “o Presidente quebrou o protocolo”. O protocolo estaria feito em pedaços se isto fosse verdade.