Reportagens

Como redefinir os eventos de luxo?

Ajudar a redefinir os eventos de luxo é a ambição que desafia permanentemente Richard e Debbie Joslin, os fundadores do inVoyage.

Criaram assim uma plataforma de buyers e de fornecedores dentro deste segmento, que une pessoas de todo o mundo, através de reuniões pré-agendadas, frente-a-frente; um conjunto de diferentes oradores, com temas capazes de inspirar os participantes; e vários ocasiões para fazer networking

Este ano o inVoyage realizou-se no Porto, de 2 a 5 de Outubro, com a events by tlc como parceiro local e o patrocínio de várias entidades, nomeadamente o Porto Convention Bureau e o Turismo Porto e Norte.

Os mais de 70 fornecedores e perto de 60 buyers, vindos de todo o mundo, tiveram sessões de trabalho no Hotel Sheraton e no Terminal de Cruzeiros de Leixões, jantaram no Palácio da Bolsa e na Pousada do Freixo, e os buyers puderam ainda estender a sua estadia, de modo a experimentar a oferta do destino para este segmento MICE de luxo.
 
Inspirar
 
Os oradores convidados para esta edição do inVoyage trouxeram diferentes discursos, da vontade indomável de ultrapassar as adversidades de uma empreendedora em África, com a sul-africana Johanna Mukoki (Travel With Flair); à defesa de que o “elevator pitch” está morto, e à necessidade de trabalhar uma frase forte sobre o seu trabalho que leve os outros a dizerem, “Conte-me mais”, com a norte-americana Tammy Broaddus (Overflow); ou ao storytelling para uma era digital, recorrendo ao poder do vídeo, com Lauren Mellman e Adam Reynolds (The Smalls).
 
C – partilha
 
Mas um dos momentos mais interessantes deste inVoyage no Porto pode muito bem ter sido a reunião privada a que a Event Point assistiu, juntando à mesma mesa, para discutir problemas comuns, os responsáveis (C-level) de várias empresas envolvidas no evento: Matt Smith, CEO da The Black Tomato Agency, Tammy Broaddus, uma das responsáveis da Overflow, Richard Bridge, CEO da Top Banana, Johanna Mukoki, CEO da Travel With Flair, Mike Waller, CEO da Dragonfly Africa, Diogo Assis, CEO da events by tlc, Joana Almeida, directora-geral do Sheraton Porto Hotel & Spa, e Richard Joslin, da organização.

inVOYAGE Porto 2017
 
A conversa informal, conduzida pela directora de conteúdos do inVoyage, Susie Harwood, abordou temas como as novas tecnologias e o espaço que elas deixam para um serviço ao cliente verdadeiramente personalizado; a transparência nos contratos e nos orçamentos, assumindo as agências que a sua remuneração, em vez da cobrança de comissões sobre os serviços de terceiros, deve resultar de um fee que cubra o valor que acrescentam aos eventos; a muitas vezes difícil relação com as centrais de compras dos clientes, que nem sempre distinguem outro critério que não seja o preço, colocando por exemplo em pé de igualdade uma agência com uma estrutura experimentada e outra que acabou de ser criada, e não tem mais do que uma ou duas pessoas; o saber ouvir os clientes; as regras de compliance, que tendem a adensar-se; ou o novo regulamento da União Europeia sobre a protecção de dados, aprovado em 2016 e que entra em pleno vigor na Primavera do próximo ano.
 
Para a organização ficou também a ideia de que conversas destas, entre pessoas que têm que lidar com problemas muitas vezes semelhantes, e depois decidir, têm espaço num evento como o inVoyage, e são valorizadas pelos participantes.

Tags: Eventos, Luxo, Porto e Norte

11-10-2017