Reportagens

A importância do amor

Na Reunião Anual do Capítulo Ibérico da ICCA, que decorreu em Granada, falou-se de amor e de família.

O congresso anual do Capítulo Ibérico da ICCA, que decorreu em Granada, Espanha, de 11 a 13 de Abril passado, teve desde o arranque, ainda na fase de preparação, uma mensagem muito clara, e talvez disruptiva. Afinal, este foi o congresso onde se falou de amor, de família, recordando que as boas ideias surgem quando as pessoas estão juntas.

 

Se houve um orador capaz de despertar afectos ele foi sem dúvida José Manuel Zapata. O tenor, figura que é presença regular nas maiores salas de espectáculo associadas à música, e à ópera em particular, tornou-se num magnífico condutor de pessoas, resgatando figuras históricas tão marcantes como Caruso, Callas ou Pavarotti, e estabelecendo, sempre com enorme sentido de humor, a relação entre esses exemplos bem sucedidos da cena musical e os ensinamentos que é possível retirar deles para o dia-a-dia das empresas, e dos seus profissionais, seja de que área forem. E de facto o humor é uma ferramenta poderosa em qualquer estratégia de comunicação, como muito bem o demonstrou Zapata. Ele que defende que de Bach a Radiohead a música pode até ser muito diferente, mas continua a dividir-se, essencialmente, em duas categorias: a boa e a má. E se for preciso um exemplo desta visão das coisas, basta espreitar no Youtube a versão de José Manuel Zapata de The Trooper, dos Iron Maiden. Vai certamente divertir-se.

Almudena de la Mata, que começou por apresentar os desafios de trabalhar num mundo de negócios onde se exige um cada vez maior compromisso com valores sociais, desafiou os cerca de 70 participantes a co-criarem as respostas àquelas que são as necessidades futuras do Capítulo Ibérico. Como conquistar novos associados, e de preferência mais jovens, como melhorar a comunicação interna e para o exterior, como envolver os responsáveis globais da ICCA nas actividades do Capítulo, trocar experiências com outros Capítulos, gerar mais e melhores negócios para os membros, etc., etc.

O programa incluiu ainda um outro orador, Pier Paolo Mariotti, especialista na gestão de espaços para eventos, e outro crente no poder da paixão e do amor como alavanca de sucesso neste sector tão exigente; uma mesa-redonda para troca de potenciais negócios; e ainda uma sessão inteiramente dedicada ao uso da base de dados da ICCA, onde estão carregados inúmeros detalhes de eventos do mundo inteiro, uma das ferramentas mais poderosas que a associação internacional coloca ao dispor dos associados.

 

Na terra dos piononos

Os piononos são um doce tradicional de Granada, com mais de um século de existência. Foram uma homenagem inspirada ao Papa Pio IX, e ainda hoje funcionam como ex-libris gastronómico da cidade andaluza. Este Congresso anual do Capítulo Ibérico da ICCA teve também os seus apontamentos epicuristas, nomeadamente o jantar no Restaurante Alameda, e, na mesma linha de fruição, um vibrante espectáculo no Teatro Isabel la Católica, “Granada es Flamenco”, bem demonstrativo das qualidades que o elevaram a Património Imaterial da Humanidade.

 

See you in Porto

O anúncio foi feito a 13 de Abril em Granada: o Porto vai ser o próximo destino da Reunião Anual do Capítulo Ibérico da ICCA. Os destinos da reunião magna do Capítulo Ibérico rodam entre Portugal e Espanha.

Tags: Reportagem, Reunião, Capítulo Ibérico ICCA

02-05-2018