Reportagens

ASEAN Tourism Forum 2019: a união faz a força

O ASEAN Tourism Forum, sob o tema "The Power of One", reuniu os ministros do Turismo da região do sudeste asiático em Ha Long, no Vietname.

Um sudeste asiático unido, com um plano de marketing comum para alcançar mais e melhores resultados a nível turístico, mostrando-se como um destino único, sustentável e inclusivo. É a grande meta da ASEAN, a Association of SouthEast Asian Nations, que esteve reunida em Ha Long, no Vietname. O ASEAN Tourism Forum, que decorreu de 14 a 18 de Janeiro, teve como tema “The Power of One”.

Cada país tem os seus canais e meios de promoção turística, mas conta também com a união da ASEAN para se promover como um destino único, como uma região que oferece experiências diversificadas e com padrões elevados também no saber receber. Dos dez Estados-membros – diferentes nas suas culturas e tradições, mas semelhantes na vontade de dar mais e melhor a quem os visita –, alguns têm mais experiência do que outros na gestão turística, mas a ideia da associação passa pela partilha do ‘know-how’ e pela união quando se trata de enfrentar desafios.

Brunei Darussalam, Camboja, Indonésia, Laos, Malásia, Myanmar, Filipinas, Singapura, Tailândia e Vietname compõem a ASEAN, que está a impulsionar o aumento de visitas que, de uma forma geral, todos sentiram no decorrer do último ano. A região recebeu 129 milhões de turistas em 2018, um aumento de 7,6% relativamente a 2017, sendo a maioria dos visitantes oriunda do sudeste asiático.

 

eventpoint revista magazine tourism turismo eventos events asia conferencias atf

 

O plano estratégico de turismo da ASEAN (2016-2025) tem estado a apresentar resultados, tal como, no âmbito desse trabalho, a estratégia de marketing implementada em 2017 – a região tem marcado pontos nos meios digitais e nas redes sociais. Em linha com o plano traçado, o foco está na implementação e no desenvolvimento do turismo de bem-estar e no turismo cultural como experiências temáticas regionais ao longo de 2019. Mas há diversas outras metas para este ano, como o aumento da consciencialização da diversidade da região, e várias iniciativas pensadas para desenvolver um turismo de qualidade, premiando a comunidade, serviços e venues, por exemplo.

Para melhores resultados, nada como boas parcerias com a ‘vizinhança’. Os ministros do Turismo da ASEAN estiveram também reunidos com os homólogos da China, Japão e Coreia do Sul na oitava edição do ASEAN Plus Three. A região e os três países receberam no seu conjunto 191,5 milhões de visitantes internacionais. E a associação reuniu-se também com a Índia. Na sétima edição do ASEAN-India, os governantes congratularam-se pelo acolhimento de 139,5 milhões de turistas em 2018, mais 7,4% do que no ano anterior, segundo os números preliminares. A partilha de boas práticas para o desenvolvimento de um turismo responsável e sustentável, a partilha de recursos e de informações, o desenvolvimento de estratégias, foram algumas das acções realizadas em 2018 no âmbito do acordo de cooperação entre as partes. “Estamos a ir bem, mas podemos fazer melhor. O turismo é uma coisa boa e podemos dar experiências únicas”, sublinhou Alphons Joseph Kannathanam, ministro do Turismo indiano.

 

eventpoint revista magazine tourism turismo eventos events asia conferencias atf

 

“Estamos a aprender uns com os outros”

Estão juntos para alcançar objectivos comuns, para conquistar mais visitantes. Mas sempre com a necessidade de que esse seja um crescimento responsável e sustentável, espalhando-se pela região e por destinos menos conhecidos dentro dos próprios países. “Há mais gente a viajar e nós damos mais experiências”, admite Weerasak Kowsurat, ministro para o Turismo e Desporto da Tailândia, o país da ASEAN que recebe o maior número de turistas. O combate ao excesso de turismo faz-se então com a apresentação novos e mais destinos e com mais entretenimento. “Estamos a aprender uns com os outros”, frisou.

A propósito, a secretária do Turismo das Filipinas lembrou que “o ambiente e a saúde dos turistas são mais importantes que os números”. Para Bernadette Romulo-Puyat é importante “não só fazer turismo sustentável, mas também turismo responsável”.

E depois há o sonho do visto único que se mantém e que é um tópico continuamente abordado. Mas não passa pela decisão por quem assume a tutela do Turismo… “Um visto único pode derrubar fronteiras, mas os vistos estão sob o domínio dos governos dos diferentes países”, referiu Nguyen Ngoc Thien, ministro da Cultura, Desporto e Turismo do Vietname, adiantando que o que é possível fazer é propor a quem de direito.

 

eventpoint revista magazine tourism turismo eventos events asia conferencias atf

 

Além das reuniões ministeriais, o ASEAN Tourism Forum contou com o ATF Travex, um evento que reuniu 640 expositores, 362 buyers de 53 países (45% oriundos da Europa, com Portugal representado) e 145 jornalistas de 33 países (36% europeus, entre os quais da Event Point).

 

Maria João Leite*

*Viajou para o Vietname a convite do ATF

Tags: Turismo, Eventos, Conferências, Ásia, ATF

25-01-2019