Reportagens

Camboja quer acolher mais de sete milhões de visitantes no próximo ano

A visão de futuro e o trabalho em desenvolvimento foram apresentados no Cambodia Travel Mart 2019.

Em 2018, o Camboja recebeu 6,2 milhões de visitantes e, até agosto deste ano, o país registava já 4,36 milhões de visitas. Para 2020, o objetivo é ultrapassar os sete milhões de turistas. Esta visão para o próximo ano foi apresentada no Cambodia Travel Mart 2019, que decorreu de 11 a 13 de outubro, em Phnom Penh.

O evento mostrou o que de melhor o sudeste asiático tem para oferecer em termos turísticos. Contou com 157 stands, com expositores de cerca de 20 países e territórios, com mais de 100 buyers, oriundos de 34 países, e 20 jornalistas internacionais.

“O CTM é um evento importante de turismo e uma plataforma onde buyers, fornecedores e profissionais do setor podem partilhar ideias e as últimas novidades”, referiu Thong Khon, ministro do Turismo do Camboja, na abertura do evento. “O turismo tem tido um papel importante crescente na economia do país”, frisou o governante, acrescentando que “o potencial do turismo natural e cultural continua a crescer”.

E os números não enganam. Em 2018, o Camboja recebeu 6,2 milhões de turistas, num aumento de 12% em relação ao ano anterior, com receitas de 3,6 milhões de dólares e com a criação de 620 mil postos de trabalho. Os turistas que mais visitaram o país, nesse ano, eram oriundos da China (mais de dois milhões de turistas: 2.024.000), Vietname (800 mil), Laos (426 mil), Tailândia (382 mil), Coreia do Sul (301 mil), Estados Unidos (250 mil), Japão (210 mil), Malásia (201 mil), França (170 mil) e Reino Unido (163 mil). A ordem de países mantém-se no top 10 de mercados relativo aos primeiros oito meses de 2019. Até ao mês de agosto, o Camboja já registava a entrada de 4,36 milhões de visitas. A meta para 2020 é chegar aos mais de sete milhões de visitantes, dos quais, três milhões de turistas chineses.

 

eventpoint revista magazine eventos events destinos destinations turismo tourism

 

Um destino em crescimento contínuo

O Camboja tem apostado em ações de promoção dos vários destinos do país, também do ecoturismo e da gastronomia, em programas para a captação de investimento, na organização dos recursos humanos, na criação de programas em linha com as tendências da tecnologia e da indústria e está a trabalhar também para ser um destino para mega eventos. O calendário de feiras e eventos está já bem composto e deste faz parte o ASEAN Tourism Forum, o evento anual da Associação de Nações do Sudeste Asiático, que vai decorrer em 2012, em Phnom Penh.

Outras medidas prendem-se com o desenvolvimento de infraestruturas: a autoestrada entre Phnom Penh e Sihanoukville, até 2023; um novo Estádio Nacional a ser finalizado em 2022; uma nova pista no aeroporto de Sihanoukville, em 2020; um novo porto turístico em Kampot, em 2020; e uma nova estrada nacional. Está também a ser desenvolvido um plano para o novo aeroporto em Siem Reap (2020-2025).

O país aposta ainda em facilidades e espaços para o setor MICE e em Phnom Penh, por exemplo, conta com uma série de venues. Além do Diamond Island Convention & Exhibition Centre, a capital do Camboja tem vários hotéis MICE: o Sokha Phnom Penh Hotel, onde decorreu o CTM 2019, o Nagaworld I e II, o Rosewood Phnom Penh, o Palace Gate Hotel & Resort, o Dyvith Hotel, o Sun Moon Urban Hotel, o Olympia City Hotel e o Dara Airport – unidades hoteleiras que estiveram representadas no Cambodia Travel Mart deste ano, hotéis com áreas dedicadas à meetings industry, contribuindo para a captação de mais reuniões e eventos.

 

eventpoint revista magazine eventos events destinos destinations turismo tourism

 

Este ano, começaram a operar novas companhias aéreas no Camboja, como a Philippines Airlines ou a Air China. Por seu lado, a Cambodia Angkor Air anunciou mais voos e mais frequências. A companhia aérea do Camboja liga os aeroportos nacionais – Phnom Penh, Siem Reap e Sihanoukville – a Ho Chi Minh e Da Nang, no Vietname, e a Pequim e Guang Zhou, na China. As operações da Cambodia Angkor Air têm registado um crescimento contínuo, nos voos domésticos e internacionais.

 

Maria João Leite*

*Viajou para o Camboja a convite da CTM 2019

Tags: Destinos, Eventos, Turismo, Camboja, CTM

28-10-2019