Dicas

Incentivos: ideias para boas experiências

Algumas dicas da Kongres Magazine para a criação de um programa de incentivo.

A ideia é premiar ou incentivar a equipa ou parceiros de negócios com boas experiências, viagens e iniciativas. Um artigo da Kongres Magazine lembra que os incentivos estão focados nas emoções, que são transmitidas com o envolvimento dos participantes numa experiência. A revista apresenta cinco dicas para a criação de um programa de incentivo, que estimule os sentidos e que resulte em mais criatividade e no fortalecimento do espírito de equipa.

 

Autenticidade. Nem sempre é fácil fugir às histórias estereotipadas. Mas é importante escolher uma história sincera que permita aos participantes sentir verdadeiramente a vibração de um destino, conhecer os locais, a natureza e as tradições. A Kongres frisa que os lugares menos conhecidos são sempre melhores que os destinos turísticos mais famosos.

Diversão através de jogos. A diversão é um fator importante nos programas de incentivos. Os jogos de equipa e os jogos educativos são essenciais para melhorar o networking e aumentar o nível de confiança. Segundo a Kongres, a ‘gamefication’ é uma tendência, por ser uma boa forma de motivar os participantes, indo ao encontro dos objetivos estabelecidos. Certo é que jogos colaborativos são sempre melhores do que os competitivos.

Educação. Há empresas que fazem um grande investimento em educação e formação. Um incentivo deverá ter uma componente educativa, de partilha de conhecimento e de aquisição de competências, através do ‘aprender fazendo’ e da resolução criativa de problemas. Uma boa forma de transferir conhecimento é com ‘quizzes’ divertidos.

Fuga. Uma das metas dos programas de incentivos é a fuga aos aborrecimentos e ao stress da vida diária. A utilização do apelo nostálgico ajuda, já que o futuro é incerto e a história sempre oferece uma sensação de segurança, escreve a revista. O programa pode contemplar elementos retro ou histórias nostálgicas ou relacionadas com eventos históricos. De qualquer forma, deve ser sempre uma história autêntica. Um passeio em veículos históricos pode ser uma boa ideia.

Lifestyle. Quando se organiza um incentivo é importante ter em conta o estilo de vida dos participantes. É preciso uma adaptação às diferentes formas de estar – dos participantes que adoram luxo ou tecnologia aos mais conservadores. Essas características ditam muitas vezes como vai ser o programa, onde vão comer ou dormir e o que vão experimentar.

 

eventpoint revista magazine eventos events dicas tips incentivos destinos

 

Acima de tudo, e independentemente do tipo de incentivo, o mais importante é respeitar os participantes e conhecer as suas necessidades, sublinha a Kongres. Para a revista, a hospitalidade autêntica e espontânea estão na base de um programa de sucesso.

Tags: Dicas, Incentivos, Viagens, Experiências

25-09-2019