Dicas

SITE e o futuro das viagens de incentivos

A sessão na IT&CMA foi liderada por Max Boontawee Jantasuwan, presidente da SITE Tailândia.

Em dez pontos, Max Boontawee Jantasuwan, presidente da SITE Tailândia e CEO da Events Travel Asia, resume as tendências das viagens de incentivo. Aqui vão eles:

1 – A disrupção e o risco são praticamente o novo normal. Cada vez mais importante o papel dos DMC na avaliação do risco e na resolução de problemas.

2 - A segurança é a prioridade máxima. Assiste-se já ao outsourcing de agências de segurança totalmente equipadas na evacuação de grupos.

3 – Crescimentos dos destinos secundários. Estes estão a tornar-se primeiras escolhas.

4 – Venues únicos/ hotéis independentes. Cria apelo junto de vários gerações. Destaque para os espaços atentos à sustentabilidade.

5 – Wellness & Mindfulness. As viagens de incentivos são agora vistas como quase um “retiro” e iniciativas causadoras de stress devem estar afastadas dos programas. Isto vai mais além do que ter um ginásio disponível, mas ter atividades como yoga, meditação, pilates e um pequeno-almoço saudável.

6 – Autenticidade vs Luxo. O futuro são as experiências culturais imersivas, o contacto com a comunidade, tempo livre para os participantes explorarem o destino, comida local e experiências gastronómicas.

7 – Personalização. Os itinerários personalizados e customizados vão ser realidade. Bebidas, comida, amenities fazem parte dessa personalização.

8 – Apps. Não só para reduzir o consumo do papel, mas como meio mais interativo de perceber as emoções dos participantes e reagir. Inteligência artificial e realidade aumentada vão ser requisitos fundamentais para incentivos eficazes.

9 – O público-alvo está a aumentar. Os incentivos já não são apenas para a força de vendas, há audiências cada vez maiores e as estratégias são mais abrangentes. Não se trata só de premiar o aumento das vendas ou produtividade, mas atingir objetivos mais intangíveis.

10 – Viagem transformacional. Experiências que mudem a vida, e como se encara o futuro, vão ser cada vez mais importantes.

As conclusões, segundo Max Boontawee Jantasuwan, são: os orçamentos estão a aumentar; há cada vez mais profissionais a fazerem parte de viagens de incentivos; o incentivo é visto, cada vez mais, como importante na construção de uma cultura empresarial; uso crescente de destinos com tudo incluído; wellness é o novo golf.

 

Cláudia Coutinho de Sousa
Viajou a Banguecoque a convite da IT&CMA

Tags: SITE, Viagens de Incentivo, Tendências

16-10-2019