Dicas

Como reutilizar um conteúdo no pós-evento? Aqui ficam seis ideias

Os conteúdos de um webinar podem ser rentabilizados depois do evento.

Os webinars são uma boa forma de transmitir conhecimento e estas sessões educativas têm sido uma ferramenta muito utilizada, especialmente após a propagação mundial da pandemia. Mas o que acontece ao seu conteúdo após o evento? Podem as organizações ou as empresas que os organizam rentabilizar o seu conteúdo?

Podem, e devem. Segundo a MeetingsNet, utilizando esse conteúdo no período pós-evento, a informação pode chegar a quem não assistiu ao evento ao vivo, mas também pode servir como ferramenta de marketing e de engajamento. Esta ideia parte de um webinar da MeetingsNet sobre webinars, que decorreu no início de dezembro, com Alyssa Peltier (senior manager, industry solutions) e Brock Moreau (product marketing manager), ambos da Cvent, que partilharam seis ideias para o reaproveitamento pós-evento dos conteúdos de um webinar:

* publicar no site como conteúdo on-demand;

* publicar o webinar no YouTube (completo ou em pequenos segmentos temáticos);

* criar uma versão com os principais destaques;

* criar mini-clipes para promover a versão on-demand do webinar nas redes sociais;

* criar GIF e incorporá-los em emails pós-evento, por exemplo;

* transcrever o webinar e usar o documento como base para uma publicação num blogue.

Uma outra dica para a organização do webinar é a definição da reutilização do conteúdo ainda antes do evento, criando um manual pós-webinar, por exemplo, que depois pode ser usado noutras alturas. Desta forma, a organização saberá o que fazer e vai criar todas as condições para que nenhum conteúdo fique perdido.

 

Imagem de abertura: Webinar ‘Inovação ao Serviço do Turismo: Indústria de Eventos’, promovido pelo Nest e pela Event Point.

 

Tags: Dicas, Webinars, Eventos, Conteúdos

30-12-2021