Radar

Os números do WRC Vodafone Rally de Portugal

O WRC Vodafone Rally de Portugal decorre até domingo. Na Exponor, em Matosinhos, o público pode ver os carros e os pilotos.

O WRC Vodafone Rally de Portugal, a comemorar 50 anos, decorre até domingo, em vários locais da região Norte, com novos carros e muitas novidades. No total vão competir 17 carros WRC, um recorde nesta temporada do Campeonato do Mundo de Ralis. O quartel-general da prova está reunido na Exponor, em Matosinhos, que abre as portas ao público para, gratuitamente, verem as “máquinas” e os pilotos que as conduzem. Este é um evento que traz um significativo retorno económico, de acordo com o estudo Impacto Económico Total do WRC Rally de Portugal 2007 – 2016.

 

Os números:

23 pilotos portugueses integrados no Campeonato Nacional de Ralis.

17 pilotos inscritos nesta competição.

11 troços compõem esta edição da prova.

129,3 milhões de euros de retorno económico em 2016, segundo o estudo.

898,9 milhões de euros de contributo global para a economia global desde 2007, de acordo com o mesmo estudo.

8 em cada 10 adeptos classificou a região Norte como um destino ‘bom’ ou ‘muito bom’ em 2016.

3,2 noites foi a média de permanência dos adeptos nos quatro dias de prova em 2016 (os adeptos franceses permaneceram em média 4,7 noites na região).

24,6% dos adeptos prolongaram a sua estadia além das três noites.

13 municípios envolvidos na organização em 2016; cada um deles assegurou um retorno económico directo que oscila entre os 413 mil e os 10,1 milhões de euros.

Tags: Competição, Números, Eventos

17-05-2017