Radar

Venues transformados em hospitais: por um evento chamado vida

Em todo o mundo, são vários os espaços para eventos transformados em hospitais de campanha, servindo de apoio aos hospitais locais quando estes deixam de ter capacidade para acolher todos os infetados com o novo coronavírus. O maior evento que estes venues acolhem hoje é a luta pela sobrevivência à Covid-19. Por um evento chamado vida.

No Porto, o Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota deu lugar ao ‘Hospital Porto.’, que oferece 320 camas ao Sistema Nacional de Saúde para o acolhimento, se necessário, de doentes infetados assintomáticos sem possibilidade de isolamento no domicílio ou com necessidade de cuidados médicos devido a outras patologias, e de doentes em fase de recuperação após infeção. O venue, que tem as camas distribuídas por dois pisos, conta também com balneários, áreas lounge, espaço de refeições, farmácia, entre outros.

 

 

Em Portugal, há outros centros de congressos que servem de espaço para a criação de centros de rastreio para despistagem da Covid-19. Disso são exemplo o Centro de Congressos do Estoril, o Altice Forum Braga, o Portimão Arena ou Europarque, em Santa Maria da Feira, entre outros.

 

 

Em Espanha, onde o impacto da pandemia é bastante forte, a IFEMA – Feira de Madrid, juntamente com parceiros, organismos sanitários da região e o Exército, converteu a estrutura num hospital em 18 horas. Avançando por módulos, o hospital foi pensado para acolher até 5.500 infetados, havendo espaços reservados para o atendimento de pacientes organizados por grau de gravidade.

 

 

Também o London ExCel foi transformado num hospital de campanha, para acolher pessoas infetadas com o novo coronavírus. Durante o mês de março, o venue trabalhou de perto com o governo britânico e com o NHS para a transformação do espaço no NHS Nightingale Hospital, o que foi feito em nove dias. A estrutura avançou inicialmente com 500 camas, mas há espaço para mais 3.500.

 

 

Há notícias da transformação de diversos espaços de eventos em instalações hospitalares, como o complexo Belgrade Fair, em Belgrado, com espaço para três mil camas; o Javits Center, em Nova Iorque, com perto de três mil camas; o TCF Center, em Detroit, com mil camas; o Anhembi, em São Paulo, com capacidade para 1.800 camas; entre muitos outros espalhados pelo mundo.

 

 

Fotografia de abertura:
© Miguel Nogueira / Porto.pt

 

Todas as notícias relacionadas com a Covid-19 podem ser encontradas aqui: http://www.eventpointinternational.com/pt/tags/Covid-19

Tags: Venues, Covid-19

15-04-2020