Radar

Lisboa entre as melhores cidades para viagens sustentáveis, segundo a Meetings International

A Meetings International organizou uma lista com as 50 melhores cidades para viagens sustentáveis, a partir da análise aos acessos ferroviários, transportes públicos, espaços verdes, qualidade do ar, energia verde, entre outros fatores. Lisboa está na 19ª posição desta lista, que é liderada por Berlim, na Alemanha.

A consciência ecológica está cada vez mais presente nas políticas públicas de muitos países e há muitos turistas que procuram viajar para cidades amigas do ambiente. Para facilitar essa procura, a Meetings International criou esta lista, analisando vários fatores e utilizando uma equação [score (i) = 10* (x-minimum)/ (maximum/minimum)] para atribuir um valor de 1 a 10.

A pontuação relativa à acessibilidade ferroviária foi baseada no número de países que têm acesso direto de comboio – quantas mais ligações internacionais, maior a pontuação. E, no capítulo dos transportes públicos, foi analisada a extensão da rede de metro e elétricos de cada cidade. Foi atribuída também uma pontuação à relação do número de carros por cada mil habitantes – menos carros equivalem a mais pontos. E o contrário relativamente aos espaços verdes: quanto maior a percentagem de espaço verde na cidade, melhor. Foram ainda analisadas a proporção entre residentes locais e o número turistas; a qualidade do ar, a partir do World Air Quality Index; a percentagem do consumo total de energia proveniente de energia renovável; e também a percentagem de resíduos que são reciclados.

 

eventpoint destinos destinations turismo tourism sustentabilidade viagens travel

Amesterdão

 

“A sustentabilidade está a mudar a forma como as pessoas viajam”, sublinha a Meetings International, que analisou centenas de cidades em todo o mundo e apontou as que considera as 50 melhores cidades para viagens sustentáveis:

 

1. Berlim (Alemanha), 53.28

2. Viena (Áustria), 52.93

3. Munique (Alemanha), 50.84

4. Londres (Reino Unido), 42.15

5. Praga (República Checa), 41.48

6. Roterdão (Países Baixos), 41.31

7. Shenzhen (China), 41.25

8. Hamburgo (Alemanha), 40.36

9. Zurique (Suíça), 40.04

10. Budapeste (Hungria), 38.15

11. Oslo (Noruega), 37.59

12. Gotemburgo (Suécia), 37.45

13. Bruxelas (Bélgica), 37.30

14. Nairobi (Quénia), 36.25

15. Rio de Janeiro (Brasil), 35.88

16. Nova Iorque (Estados Unidos), 35.20

 

eventpoint destinos destinations turismo tourism sustentabilidade viagens travel

Nova Iorque

 

17. Zagreb (Croácia), 35.14

18. Portland (Estados Unidos), 34.44

19. Lisboa (Portugal), 34.42

20. Cidade do México (México), 34.18

21. Copenhaga (Dinamarca), 34.16

22. Amesterdão (Países Baixos), 33.40

23. Varsóvia (Polónia), 33.39

24. Riga (Letónia), 33.27

25. Helsínquia (Finlândia), 32.45

26. Roma (Itália), 32.26

27. Belgrado (Sérvia), 31.53

28. Melbourne (Austrália), 31.20

29. Medellin (Colômbia), 30.93

30. Istambul (Turquia), 30.13

31. Paris (França), 30.03

32. Tóquio (Japão), 29.32

 

eventpoint destinos destinations turismo tourism sustentabilidade viagens travel

Tóquio

 

33. Lyon (França), 29.31

34. Dublin (Irlanda), 28.85

35. Madrid (Espanha), 28.62

36. Auckland (Nova Zelândia), 28.22

37. Banguecoque (Tailândia), 27.46

38. Reykjavik (Islândia), 26.84

39. Toronto (Canadá), 25.52

40. Luxemburgo (Luxemburgo), 24.77

41. Cidade do Cabo (África do Sul), 24.18

42. Kuala Lumpur (Malásia), 22.88

43. Santiago (Chile), 22.58

44. Buenos Aires (Argentina), 22.21

45. São Francisco (Estados Unidos), 21.70

46. Denpasar (Indonésia), 21.35

47. Tallin (Estónia), 20.96

48. Telavive (Israel), 18.65

49. Atenas (Grécia), 18.58

50. Marraquexe (Marrocos), 14.32

 

eventpoint destinos destinations turismo tourism sustentabilidade viagens travel

Marraquexe

 

Tags: Destinos, Turismo, Viagens, Sustentabilidade

15-06-2020