Notícias

Rock in Rio Lisboa apresenta Plano de Mobilidade

Doze operadores de transportes estão juntos nesta mega operação. O festival decorre nos dias 23, 24, 29 e 30 de Junho.

A ideia é fazer com que os festivaleiros deixem os carros em casa e cheguem à Cidade do Rock de transportes públicos. O Rock in Rio apresentou o plano de mobilidade para esta edição do festival com um número recorde de operadores de transportes (12 no total), com prolongamento de horários nos principais serviços urbanos e maior abrangência nacional.

Abreu, Budget, BusUp, Carris, Cityrama, CP (Urbanos e Longo-Curso), Fertagus, Metro de Lisboa, mytaxi, Transtejo e Soflusa e Rede Expressos entram nesta mega operação, reforçando o serviço e oferecendo packs e condições especiais para a deslocação dos festivaleiros. O Metropolitano de Lisboa vai funcionar até às 3 horas, com serviço nas quatro linhas e metros de seis em seis minutos. As viagens nos comboios urbanos CP Lisboa da linha de Cascais e de Sintra vão ser gratuitas mediante a apresentação do bilhete para o festival.

A Fertagus oferece o estacionamento nos seus parques ao longo das estações da margem Sul, enquanto a mytaxi vai assegurar táxis colectivos a preços fixos. Além disso, a organização do Rock in Rio Lisboa vai fazer circular um shuttle com partidas de pontos estratégicos na envolvente de Lisboa (Cascais Villa, Beloura Shopping, Oeiras Parque, Strada Outlet, Forum Montijo) para levar os festivaleiros ao Parque da Bela Vista, com bilhetes a 12 euros, ida e volta.

“Esta será a edição do festival com mais soluções de mobilidade para os nossos fãs. Acreditamos que o trabalho desenvolvido com estes operadores e empresas parceiras vai resultar numa maior adesão ao uso dos transportes coletivos, em detrimento do transporte individual, em linha com o nosso compromisso na construção de um mundo mais sustentável”, refere Roberta Medina, vice-presidente Executiva do Rock in Rio.

Tags: Eventos, Festivais, Mobilidade, Transportes

30-05-2018