Notícias

Agências de 30 países na corrida aos Best Event Awards

O júri dos 14º Best Event Awards já está a trabalhar na análise às candidaturas aos prémios, submetidas por agências oriundas de 30 países, um número recorde de países em competição. A ‘shortlist’, determinada por uma sessão preliminar de votação online, vai ser anunciada a 16 de outubro, no site do BEA World Festival.

“Atingimos um objetivo importante e estamos profundamente satisfeitos com os resultados, por termos conseguido acompanhar os números recorde do ano passado em termos de candidaturas e de agências participantes. Tudo isto tendo em conta que as economias de alguns países estão num momento de impasse, que o mercado europeu da live communication está em 2019 um pouco morna e que os orçamentos para eventos foram reduzidos”, refere Salvatore Sagone, fundador e presidente do BEA World Festival.

Itália, Alemanha, Bélgica, Espanha, Índia e Rússia são os países com mais candidaturas nesta edição. A nível europeu, registou-se um aumento de inscrições oriundas da Alemanha, Bélgica, Espanha, Reino Unido e Áustria, enquanto a Rússia, França e Portugal mantêm um número de inscrições semelhante ao do ano passado. Regista-se ainda um número considerável de candidaturas de fora da Europa, que incluem a Índia, Austrália, Brasil, China, Israel, Qatar, Emirados Árabes Unidos e Estados Unidos.

“Os resultados confirmam a força da marca BEA World. Integridade e transparência são os principais traços da nossa competição desde a sua primeira edição e o seu sucesso e crescimento ao longo dos anos é reconhecido. É, de facto, uma plataforma única de negócios e networking que liga fornecedores e a procura. Esperamos uma grande afluência de profissionais dos eventos de todo o mundo, que, tenho a certeza, vão desfrutar mais do que nunca do festival, que este ano vai decorrer integrado na Live Communication Week, em Milão, a nossa cidade. Aqui, estamos envolvidos na frente da organização e vamos agregar, como parceiros, os melhores profissionais da indústria italiana para oferecer aos participantes uma experiência verdadeiramente boa e gratificante que vá ao encontro das suas expectativas”, acrescenta Salvatore Sagone.

As candidaturas estão a ser analisadas por um júri de representantes de empresas e associações de agências de eventos, liderado pelo russo Alexander Safanov, Global Event director da Oriflame. Tem como vice-presidentes: Carlo Colpo (Lavazza, Itália), Andrea Faflíková (The Lego Group, República Checa), Michiel Pool (Ericsson, Suécia) e Ulrike Tondorf (Bayer, Alemanha).

Outros membros do júri são: Karim Bartoletti (Indiana Production, Itália), Luca Bizzarri (FCA – Fiat Chrysler Automobiles, Itália), Tata Burduli (Georgian Football Association, Geórgia), Paulo Campos Costa (EDP, Portugal), Andrea Danihelova (VSE Holding Group, Eslováqui), Stephanie Dubois (SAP, França), Belén Fierro (Airbus, Espanha), William Galimberti (Red Bull, Itália), Elling Hamso (Event ROI Institute, Noruega), Jan Kubinec (Czech Event Association, República Checa), Pilar Jimenez-Pardo (Sage, Espanha), Henrik Lervold (PwC, Noruega), Guido Morozzi (Club degli Eventi e della Live Communication, Itália), Michael Mueller (Samsung Electronics, Alemanha), Sandra Plachá (Daimler, República Checa), Jane Reeve (Ferrari, Itália), Jaime Sanchez (AEVEA, Espanha), Rolf Schumann (Škoda Auto, Alemanha), Christian Seidenstucker (ILEA, Alemanha), Jan Sidemo (Volvo Cars, Suécia), Julius Solaris (EventMB, Itália), Thomas Wieringa (Pernod Ricard, Alemanha), Yulia Zholya (NAOM, Rússia).

A 28 de novembro, no decorrer do BEA World Fetsival – Where Creativity Meets Business, os nomeados vão apresentar os seus projetos perante o júri e uma audiência de profissionais dos eventos. Os vencedores vão ser anunciados no dia seguinte.

Mais informações em www.beaworldfestival.com.

Tags: Eventos, Prémios, BEA World Festival

07-10-2019