Notícias

ICCA analisa o impacto do Covid-19 na meetings industry

A associação defende que o setor deve mostrar resiliência e confiança.

A ICCA – International Congress and Convention Association está a analisar o impacto do Covid-19 na meetings industry, monitorizando o estado das 1.065 reuniões da base de dados da associação que estão agendadas na região Ásia Pacífico em 2020. A ICCA defende que o setor deve mostrar resiliência e confiança.

De acordo com os dados da ICCA, apenas 44 encontros na região Ásia Pacífico foram afetados pelo Covid-19 (4,1%). Destes, 34 foram adiados, cinco foram cancelados e cinco mudaram de local. Fora da região, a ICCA regista o adiamento de duas reuniões na Europa e uma em África.

“Quando enfrentamos a incerteza ou uma crise, é crucial encontrar fontes de informação confiáveis e oportunas para tomarmos decisões responsáveis. Criamos o nosso ‘Covid-19 liveblog’ para ajudar os profissionais da meetings industry em todo o mundo a encontrar informação fiável sobre o Covid-19 e a partilhar recursos relacionados com o setor com a comunidade global da ICCA de fornecedores e associações”, refere James Rees, presidente da ICCA, em nota de imprensa.

E acrescenta: “Acreditamos que a meetings industry internacional pode fazer a sua parte para encontrar uma solução para o surto de Covid-19. As reuniões internacionais representam o melhor veículo possível para abordar esta e muitas outras questões globais. Como indústria, devemos demonstrar resiliência e confiança ao manter em funcionamento, na medida do possível, o nosso calendário de atividades – e quando isto não for possível, ao colaborar para o desenvolvimento de alternativas que ajudem a manter a troca de informações, que representam os benefícios que acreditamos resultar deste tipo de envolvimento.”

Tags: Eventos, Meetings Industry, Coronavírus, ICCA

24-02-2020