Notícias

Expo 2020 Dubai: “reavaliar e ajustar” os preparativos do evento

A organização não fala em adiamento ou cancelamento da Expo 2020, que tem início em outubro, no Dubai.

A Expo 2020 está a monitorizar de perto os desenvolvimentos relacionados com a Covid-19 e a tomar todas as precauções para gerir e mitigar o risco para todos os que estão envolvidos na exposição, que decorre de outubro a abril do próximo ano, no Dubai. Sem falar em adiamento ou cancelamento, a organização refere que, à medida que as circunstâncias forem mudando, vai reavaliar e ajustar os preparativos planeados, lê-se no site do evento.

“Num espírito de colaboração e parceria”, a organização está a consultar todos os 192 países participantes. “Vamos continuar atentos e alerta”, frisa, adiantando que o Comité de Gestão da Expo 2020 vai reunir virtualmente, nas próximas semanas, “para reavaliar e ajustar os preparativos planeados”, conforme as circunstâncias o forem exigindo. “Estamos confiantes que a força coletiva e a resiliência incrível do espírito humano vão permitir-nos ultrapassar estes tempos difíceis.”

A organização do evento, que espera receber 25 milhões de visitantes, ao longo dos seis meses, assegura que vai seguir diligentemente as orientações da Autoridade de Saúde do Dubai, do Ministério da Saúde e Prevenção e da Organização Mundial da Saúde, e que está a trabalhar de perto com o Bureau International des Expositions e com outras entidades relevantes.

“A saúde e o bem-estar de todos os envolvidos na Expo 2020 e de todos os que vivem e que visitam os Emirados Árabes Unidos (EAU) está no topo das nossas prioridades e isso não será comprometido”, lê-se no comunicado, que acrescenta que, “como muitos governos em todo o mundo, as autoridades dos EAU tomaram uma série de fortes medidas de precaução para conter a disseminação do vírus”.

 

Todas as notícias relacionadas com a Covid-19 podem ser encontradas aqui.

Tags: Eventos, Exposições, Expo 2020, Dubai, Covid-19

25-03-2020