Notícias

Turismo de Portugal já concedeu 3,7 milhões de euros de incentivo

Linha de apoio do Turismo de Portugal recebeu mais de duas mil candidaturas numa semana.

Numa semana, mais de duas mil empresas candidataram-se à Linha de Apoio à Tesouraria para Microempresas do Turismo, com um valor próximo dos 20 milhões de euros. E, destas candidaturas, o Turismo de Portugal já concedeu 3,7 milhões de euros de incentivo. A linha de crédito foi lançada no âmbito do programa Turismo#PorTodos para apoiar o setor e minimizar os impactos da redução da atividade turística.

As microempresas que solicitaram o apoio são de diversas áreas, como Restauração e Bebidas (32%), Alojamento Local (24%), Animação Turística e Organização de Eventos (19%), Agências de Viagens (18%), Empreendimentos Turísticos (6%) e Rent-a-Car (1%), informa o Turismo de Portugal em comunicado.

Com uma dotação de 60 milhões de euros, podem candidatar-se a este apoio as empresas e empresários em nome individual, com menos de dez postos de trabalho e cujo volume de negócios anual ou balanço total anual não exceda os dois milhões de euros, com atividade em território nacional e certificação PME. O apoio financeiro – que não vence juros e é reembolsado no prazo de três anos, incluindo um período de carência de um ano – é calculado tendo em conta o número de trabalhadores existente na empresa em fevereiro de 2020, multiplicado por 750 euros por cada trabalhador e pelo período de três meses, até ao montante máximo de 20 mil euros por empresa.

De acordo com o Turismo de Portugal, estão também disponíveis para as empresas do setor três novas linhas, com uma dotação de 1.700 milhões de euros, que foram criadas pelo Governo para minimizar os impactos provocados pela pandemia Covid-19: Linha de Apoio a Empresas do Turismo (incluindo Empreendimentos Turísticos e Alojamento para Turistas), com uma dotação de 900 milhões de euros; Linha de Apoio a Empresas de Restauração e Similares, com uma dotação de 600 milhões de euros; e Linha de Apoio a Agências de Viagens, Animação Turística, Organização de Eventos e Similares, com dotação de 200 milhões de euros.

Podem candidatar-se a estas linhas de apoio microempresas, PME, Small MidCap e MidCap, com comprovada situação líquida positiva no último balanço aprovado, situação líquida negativa e regularização em balanço intercalar aprovado até à data da operação, ou, independentemente da respetiva situação líquida, iniciado atividade há menos de 12 meses contados desde a data da candidatura.

No que toca ao Apoio ao Empresário e ao Cliente, o Turismo de Portugal lembra que reforçou a sua capacidade de resposta, com um centro de atendimento especializado, que deu resposta a mais de três mil contactos; um serviço de consultoria especializada aos empresários, que respondeu a mais de 1.800 pedidos de informação nas duas últimas semanas; e um programa de consultoria online para empresas, que, nas duas primeiras semanas de funcionamento, recebeu cerca de 300 pedidos de apoio.

Mais informações no portal Business do Turismo de Portugal.

Tags: Turismo, Empresas, Apoio, Turismo de Portugal, Covid-19

01-04-2020