Notícias

Casamentos e batizados limitados a 50 pessoas

António Costa anunciou a redução do número de participantes em casamentos e batizados, marcados a partir de hoje.

O Governo anunciou hoje que o país vai entrar em estado de calamidade, a partir da meia-noite, devido à evolução da pandemia em Portugal. Entre as novas medidas anunciadas pelo primeiro-ministro António Costa, após reunião do Conselho de Ministros, está a redução do número de participantes em casamentos e batizados, marcados a partir de hoje, para até 50 pessoas.

Uma das medidas passa por “limitar os eventos de natureza familiar, como casamentos, batizados e outros, que sejam marcados a partir de hoje, a um máximo de 50 participantes, sendo que todos terão de cumprir as normas de afastamento físico e de proteção individual, como seja o uso de máscara”, afirmou António Costa. Os eventos de natureza familiar são possíveis, mas têm de ser comedidos, acrescentou. “Infelizmente, a Covid não se afasta dos casamentos, dos batizados e dos outros festejos, pelo contrário, estão aí presentes. Claro que isto tem de ser interpretado com bom senso”, frisou, apelando ao cuidado e ao cumprimento das regras pelos participantes desses eventos, “para evitar que um festejo se transforme num foco de contaminação e de alastramento da pandemia”.

O primeiro-ministro anunciou também que, a partir de amanhã, estão também proibidos ajuntamentos de mais de cinco pessoas na via pública, limitação que também se aplica a outros espaços de uso público, de natureza comercial ou na restauração, e que vai haver um reforço das ações de fiscalização do cumprimento das regras, entre outras medidas, que visam “reforçar o sentido coletivo de prevenir a expansão da pandemia”.

 

Fotografia: Casamento organizado pela Mary Me / ©Meraki

 

Tags: Eventos, Casamentos, Segurança, Covid-19

14-10-2020

Últimas Notícias