Casos de Estudo

Ibis Music: da seleção nos hotéis para o palco no Sziget Festival

A marca levou nove artistas ao festival em Budapeste e criou um espaço de convívio com várias animações.

Com a iniciativa ibis Music, a marca hoteleira levou nove artistas ao Sziget Festival, que decorreu em Budapeste, de 7 a 13 de agosto. A ibis escolheu talentos mundo fora, com concertos nos seus hotéis, e levou-os ao Europe Stage, palco das novidades no festival.

A iniciativa foi lançada em março. Numa primeira fase, a marca colaborou com mais de 90 artistas emergentes em 17 países e realizou 44 concertos nos seus hotéis. Contou também com a colaboração do Spotify, na identificação das tendências da música emergente locais. Depois, um júri – composto por especialistas do setor, representantes da marca e parceiros do programa – selecionaram nove artistas internacionais, representando as principais regiões da ibis, para uma atuação única no festival.

A marca assumiu a programação do palco Europe Stage, onde os novos talentos atuaram a 7 de agosto. Foram eles: Gilsons (Brasil), Glass Cristina (México), Maria Yfeu (Espanha), Moglii (Alemanha), MVNSI (Bélgica), Naë (França), Nxdia (Reino Unido), Qaayel (Marrocos) e So Flow (Polónia). Destes nove finalistas, um vai ser o vencedor e receber um dia de coaching. A votação vai estar disponível na plataforma da ibis dedicada à música (www.ibis-music.com).

A nova experiência de hospitalidade, que a ibis criou nos seus hotéis, estendeu-se também ao festival. A marca criou o ibis Open Studio, um espaço pensado para a interação social. Tratou-se de uma estrutura de dois pisos, com várias animações: um concurso de fotografia, no qual os festivaleiros puderam criar uma foto de capa de disco para partilhar nas redes sociais e ganhar prémio; o ibis Mash Machine, onde era possível criar faixas de música exclusivas; e vários jogos musicais.

Tags: Casos de Estudo, Eventos, Festivais, Ativações de Marca

21-08-2019