ARQUIVO

Connections Meetings: A nova geração de reuniões

Deixou um emprego estável de 15 anos na Reed Exhibitions, onde era directora de comunicação, para abraçar um projecto em que acredita piamente, o Connections. Micaela Giacobbe quer ajudar a mudar a indústria e a forma como se conduzem as reuniões face‑to‑face. Um dos próximos testes a esta nova visão será em Portugal.

De 9 a 12 de Dezembro, Lisboa e Algarve vão receber a Connections Meetings, um evento global e exclusivo (por convite apenas) que reúne cerca de 30 a 40 compradores MICE de topo, com o mesmo número de fornecedores, num programa customizado e com uma forte componente experiencial. A iniciativa responde “a um défice de eventos para estes profissionais de topo, que fosse all‑inclusive, internacional e por convite”. O formato foge do speed‑dating, “onde as pessoas se conhecem, falam alguns minutos, e depois ninguém se lembra”, e assenta na facilitação da relação entre todos os participantes. “Se dermos tempo de qualidade, as pessoas não se vão esquecer e vão criar laços de confiança, logo pode ser bom para os negócios”, explica Micaela. A nota é pois colocada na relação humana. “Se queremos criar confiança, temos de ser nós próprios. Não há nada de mal nisso, em mostrar emoções. As decisões baseiam‑se também em emoções”.

Mike van der Vijver, um dos autores do livro “Into the Heart of Meetings”, é uma das presenças asseguradas e vai explicar, mostrando através de gamification, como se podem desenhar melhores reuniões. “Os participantes conhecem‑se, experimentam o destino e aprendem fazendo”, resume a responsável. Micaela Giacobbe acredita que esta é a próxima geração dos eventos. “Sinto isso até aos ossos! Este é o caminho”.

E porquê Portugal? A componente humana desempenhou um papel preponderante na escolha. “Em Março fizemos no Conrad Algarve um evento dedicado ao sector do luxo, e correu muito bem”, conta Giacobbe, realçando a qualidade dos fornecedores locais (com quem aliás vão voltar a trabalhar na organização do evento de Dezembro). O destino é, no entender da responsável, decisivo para o sucesso de um evento. “Se o destino for proactivo, a experiência vai ser memorável e autêntica”. “Vamos voltar, e isso acho que resume tudo”.