ARQUIVO

IMEX é um sinal de vitalidade do sector?

A julgar por todos os indicadores da feira que abriu hoje, terça-feira, 19 de Abril, em Frankfurt e se prolonga até à próxima quinta-feira, sim. Cerca de 3500 empresas expostas, representando 150 países, mais de 400 eventos de networking e mais de 180 sessões educacionais são, por assim dizer, os grandes números deste ano. A que se juntam outros, como o de 50 expositores habituais, incluindo Portugal, terem aumentado o espaço dos respectivos stands.

Na cerimónia de abertura, o keynote speaker, David DuBois, presidente e CEO da International Association of Exhibitions and Events (IAEE), destacou o impacto global do sector de reuniões e eventos na economia e num mercado que vai além do turismo. Num discurso envolvente, DuBois lembrou que a indústria dos eventos providencia o catalisador para que as sociedades se transformem em direcção ao conhecimento e à criatividade. “Mesmo os governos reconhecem que são necessárias encontros, cimeiras, para resolver assuntos globais e para evitar catástrofes. E quando os cientistas, médicos, técnicos se reúnem, também eles mudam o mundo”.

A Event Point, media partner da IMEX Frankfurt há vários anos, lançou aqui uma nova edição da revista internacional, em Inglês, onde se reflecte por exemplo sobre o valor do content marketing e do meeting design.