EventCast: “Queremos ouvir e falar sobre eventos”

Entrevista

31-01-2022

# tags: Agências , Entretenimento , Eventos

Powered by MUD.E, foi lançado o EventCast – o podcast dos eventos, que conta com 16 episódios na primeira temporada.

Quatro vozes dão, precisamente, voz a quem trabalha no universo dos eventos. Susana Filipa Gonçalves (ESHTE – Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril), Cláudia Lopes (MUD.E), Ana Félix (MUD.E) e Nadja Soares (MUD.E) são a equipa do EventCast – o podcast dos eventos, que pretende ouvir e falar sobre eventos.

A ideia é, em tom de entrevista e de forma descontraída, dar a conhecer quem trabalha neste setor, tão fustigado pela pandemia. “Sentimos que ouvir efetivamente a voz de quem está por trás da magia que acontece nos eventos traz para cima da mesa e, sob várias perspetivas, o lado mais humano dos eventos”, diz a equipa à Event Point, numa entrevista em que se fala deste projeto e das expectativas.

A primeira temporada conta com 16 episódios, de cerca de 20 a 25 minutos cada um, mas já há cinco temporadas pensadas. O episódio 0 já saiu e pode ser ouvido aqui.

Como surgiu este projeto e qual a sua missão?

É mais um projeto que estava guardado na gaveta que diz “Para quando tivermos tempo!”. Esse tempo apareceu com a pandemia que ainda atravessamos e aproveitámos para pô-lo em marcha. Juntámos quatro pessoas que diariamente lidam com eventos, ora do lado da academia, ora das agências de eventos, e depressa concluímos que ainda não havia nada do género em português de Portugal. Queremos ouvir e falar sobre eventos. Eventos de todos os tipos. Queremos que seja um podcast descontraído, em tom de entrevista e alguma conversa, mas que trata os assuntos de forma séria.

Esta é uma ferramenta que faltava à indústria dos eventos?

Acreditamos que sim. Faltava uma plataforma de comunicação áudio, que permitisse aceder a conteúdos sobre eventos enquanto se pode ir fazendo outras rotinas diárias, como cozinhar, ou até mesmo quando se está em trânsito, no carro ou nos transportes. Por outro lado, sentimos que ouvir efetivamente a voz de quem está por trás da magia que acontece nos eventos traz para cima da mesa e, sob várias perspetivas, o lado mais humano dos eventos. É preciso que se conheça quem faz mexer uma das indústrias mais castigadas nestes tempos de pandemia.

O que se pode esperar deste EventCast?

Conteúdo relevante. É nisso que estamos avidamente a trabalhar. Dezasseis episódios, a rondar os 20 a 25 minutos cada um e que sejam dinâmicos. Somos quatro vozes diferentes que vamos alternando nas entrevistas. A ideia é que os nossos percursos, interesses e gerações diferentes conduzam estas conversas por caminhos distintos. No arranque, estamos a apontar para uma periodicidade quinzenal, mas podemos vir a diminuir este hiato. Vamos trazer muitos convidados, de vários quadrantes e com papéis diferentes nos eventos. Queremos também que seja uma ferramenta importante para os estudantes de eventos, para que consigam perceber melhor como funciona o mercado. Para muitos pode ser o primeiro contacto como o que existe cá fora.

Além de “canal de comunicação dos players”, no episódio 0 falam em “fazer a ponte entre o mercado e a academia”. De que forma? Isso é algo que está em falta?

Claramente. É preciso levar conteúdos do que está a acontecer no mercado para a academia, para que não se faça um caminho demasiado teórico que depois não se reflete no que acontece no dia-a-dia de quem trabalha em eventos. A Pi e a Cláudia são ambas docentes no Ensino Superior e só fazia sentido fazer este EventCast se o foco também estivesse nos estudantes de eventos. A Ana e a Nadja ainda têm muito frescas as memórias sobre o que, do lado dos estudantes, faz falta saber sobre o mercado. Queremos que seja uma ferramenta útil e que lhes permita aprender “em trânsito”, quase como se fosse um shot de informação. Por outro lado, também é fundamental que se oiça quem enfrenta desafios diariamente para que se abra caminhos a investigação científica, que dê resposta às reais necessidades do mercado. É fundamental aproximarmos estes dois mundos – o terreno e a academia. Só assim vamos ter uma indústria melhor preparada e com profissionais de excelência. E nós queremos ajudar o mais que pudermos nessa jornada.

O que nos pode contar já sobre o primeiro podcast?

Já temos 5 temporadas mais ou menos estruturadas! Sendo que cada temporada terá 16 episódios... já são 80 episódios em mente. Cada temporada terá um mote, um fio condutor, e a primeira irá focar-se nos serviços que usamos mais recorrentemente nos eventos. Queremos dar voz aos parceiros, àqueles que muitas vezes nem são reconhecidos, mas que são fulcrais para a experiência de quem participa no evento. O primeiro episódio desta primeira temporada será dedicado aos venues, pelo que iremos falar com um dos maiores.

É possível desvendar alguns dos convidados?

Vamos ter vários e, como nem todos estão confirmados, não queremos desvendar já. Até porque pode fazer sentido ajustar a qualquer momento. A ideia é que este EventCast se vá gravando ao longo do tempo para que esteja sempre atualizado.

Quais as expectativas?

Altas, como tudo o que fazemos. Mas, acima de tudo, queremos divertir-nos e trazer conteúdo de qualidade para a indústria dos eventos. Este é mais um formato que esperamos que tenha o máximo alcance e que seja útil para vários públicos: os players do mercado, os estudantes e até a quem simplesmente se interessa pelo tema.


© Maria João Leite Redação